Sobre o Seu Reino no Mundo – CPRC


Thomas Miersma

Tradução: Marcelo Herberts

Jesus disse: “O campo é o mundo, e a boa semente são os filhos do Reino. O joio são os filhos do Maligno, e o inimigo que o semeia é o Diabo. A colheita é o fim desta era, e os encarregados da colheita são anjos. Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim também acontecerá no fim desta era” (Mateus 13:38-40).

Com essas palavras Jesus explica a parábola do joio (Mateus 13:24-30; 36-43), uma parábola em que Ele descreve a Sua igreja e reino, em sua manifestação visível no campo deste mundo.

Essencialmente, essa igreja e reino é obra da Sua graça, a boa semente espalhada e plantada em Seu reino. É a reunião do Seu povo, a igreja, “os chamados,” pois esse é o significado da palavra igreja nas Escrituras. Seu povo é nascido pelo poder da Sua graça, tal como Jesus disse, “Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito” (João 3:5). Seu povo é o Seu rebanho que entra pela fé em Cristo (a porta do reino e curral) e O segue pela fé, como seu pastor fiel. Tal como Jesus disse, “Eu sou a porta; quem entra por mim será salvo. Entrará e sairá, e encontrará pastagem [ou ‘ficará em segurança’]” (João 10:9). O reino de Jesus é uma fraternidade espiritual, o “reino dos céus.” Os “filhos do reino” são o Seu povo. Representam o trigo, de acordo com a parábola, no campo de trigo de Deus.

Essa igreja e reino também se torna manifesta ou visível no mundo como igreja instituída por Jesus Cristo, reunida debaixo da pregação da Palavra, pela qual Cristo governa do céu o Seu povo como Rei. A marca distintiva desse reino é a pregação piedosa da Palavra de Deus. Neste reino, em sua manifestação visível, é encontrado não apenas o trigo, mas também o joio ao qual Jesus se refere. Joio é erva daninha. É obra do pecado e do diabo, que o planta no reino de Jesus aqui no mundo, a fim de subverter a vida desse reino. Assim eram os perversos e incrédulos em Israel nos dias de Jesus. Eles reivindicavam ser filhos de Abraão, mas Jesus disse, “Se vocês fossem filhos de Abraão, fariam as obras que Abraão fez” (João 8:39), isto é, eles não eram a verdadeira semente de Abraão, pois não tinham a fé de Abraão nem suas obras decorrentes da fé. Eles reivindicavam que Deus era seu pai, mas Jesus lhes disse, “Vocês pertencem ao pai de vocês, o Diabo” (João 8:44). Eles faziam parte do joio, a erva daninha no campo de trigo de Deus. Assim são sempre as coisas no reino de Cristo deste mundo. Incluem-se pessoas de fora para a vida e adoração na igreja, pessoas que não tomam parte em Cristo, que não crêem e nunca crerão nEle. Mero vínculo exterior a uma igreja não faz com que uma pessoa seja cristã—não salva ninguém.

É ensino de Jesus que a sua igreja no mundo não está ainda aperfeiçoada, e não o será até a colheita no fim dos tempos. Além do mais, Jesus ensina que esta é a vontade de Deus (Mateus 13:30). A idéia de uma manifestação pura da igreja neste mundo, consistindo de crentes genuínos tão-somente, é contrária ao ensino de Cristo. É na colheita que Jesus diz que “Então os justos brilharão como o sol no Reino de seu Pai” (Mateus 13:43). Você pertence ao reino de Cristo no mundo? Você foi plantado por Deus como trigo ou joio?

Fonte: What Jesus said about, Rev. Thomas Miersma, cap. 18.

Para material Reformado adicional em Português, por favor, clique aqui.



Fonte: Covenant Protestant Reformed Church

Livros que você vai gostar

Você também vai gostar

Mais lidos

Conecte-se com o EvangelhoEterno.Org

COMPARTILHE!

Inscreva-se para novidades

O portal EvangelhoEterno.Org é um site cristão criado com o objetivo de contribuir para o avanço do Evangelho de Jesus Cristo em toda a face da terra.

Temos o desejo de que as pessoas estejam cheias da Palavra de Deus, que é a verdade absoluta, e do poder do Espírito Santo.

Saiba mais sobre nossa Política de Privacidade.

© 2022 EvangelhoEterno.Org | Todos os Direitos Reservados | Idealizado por Hudson Carvalho

Para melhorar sua experiência, este site usa cookies.