Predestinação Absoluta – CPRC


Jerome Zanchius

Sem um correto entendimento da predestinação (Ef. 1:11; At. 4:27-28; Mt. 10:29-31; Ef. 2:10; At. 2:23; Rm. 9:11-18; II Tm. 1:9; Ef. 1:4-5; At. 13:48), nós necessitaremos da mais poderosa e eficiente indução à paciência, resignação e dependência de Deus, sob cada aflição temporal e espiritual. Portanto, quão benigno as considerações seguintes devem ser para o crente atribulado:

1. Certamente existe um Deus onipotente, onisciente e infinitamente gracioso (Jo. 42:2; Jr. 10:10; I Rs. 8:27; Sl. 90:2; 115:3; 139:1-4; Is. 40:12-17; Jr. 23:23-24; At. 17:24-25; Rm. 11:33);

2. Ele tem me dado, no passado, e está me dando no presente (se somente eu tiver olhos para ver), muitos sinais do Seu amor por mim, tanto através da providência (Ne. 9:6; Sl. 33:11; 135:6; Pv. 15:3; Jr. 31:35; Mt. 6:26-30; Hb. 1:3), quanto da graça (Lc. 22:32; Rm. 5:2-5; Ef. 1:13-14; II Tm. 1:12; Tt. 2:11-14; II Pe. 1:4-5);

3. Este amor é imutável (Mc. 16:15; Jo. 3:16; Ef. 2:4-9). Ele nunca se arrepende ou nos priva dele (Jr. 32:40; Jo. 10:27-29; Rm. 8:35-39; Ef. 1:4-5; Fl. 1:6; 1 Ts. 5:23-24; II Ts. 3:3; II Tm. 2:19; Hb. 6:17-20; I Pe. 1:5, 9);

4. O que quer que venha a acontecer no tempo, é o resultado de Sua vontade desde a eternidade (1 Sm. 23:11-12; Mt. 10:29-30; Jo. 19:11; At. 27:23-44; Ef. 1:11); consequentemente,

a. Minhas aflições são uma parte do Seu plano original e estão todas ordenadas em quantidade, significado e proporção (Mt. 10:29-30; At. 14:22; Rm. 5:3; 8:28; 1 Ts. 3:3-4; 1 Pe. 1:11);

b. Até os cabelos de minha cabeça estão todos contados por Ele e nenhum deles pode cair sem que seja conseqüência de Seu desígnio (Mt. 10:29-30); consequentemente,

1. Meus sofrimentos não são resultado de eventualidade, acidente ou uma fortuita combinação de circunstâncias (Ver Jó), mas sim:
2. providencial cumprimento do propósito de Deus (Ver Jó) e,
3. São designados para atender algum sábio e gracioso fim (Ver o exemplo de Jó; Jó. 42:5).
4. Minhas aflições não continuarão um momento a mais do que Deus achar necessário (1 Co. 10:13);
5. Aquele que me trouxe a esta situação, prometeu sustentar-me sob ela e conduzir-me através dela (1Co. 10:13);
6. Tudo irá, seguramente, contribuir para Sua glória e meu bem (Rm. 8:28);

Portanto,

“Não hei de beber o cálice que o Pai me deu?” Sim, eu irei, na força que Ele concede, e até mesmo regozijar-me na tribulação; e utilizando os meios de possível alívio os quais Ele tenha ou venha a por em minhas mãos, eu confiarei minha vida e o evento a Ele, cujo propósito não pode ser desfeito, cujos planos não podem ser frustrados e que, quer eu esteja resignado ou não, continuará a agir em todas as coisas, segundo o conselho de Sua vontade.

Sola scriptura, sola gratia, sola fide, soli Deo gloria, solus Christus.


Textos Bíblicos

Ef. 1:11: “nele, digo, no qual também fomos feitos herança, havendo sido predestinados conforme o propósito daquele que faz todas as coisas segundo o conselho da sua vontade.”

At. 4:27-28: “Porque verdadeiramente se ajuntaram, nesta cidade, contra o teu santo Servo Jesus, ao qual ungiste, não só Herodes, mas também Pôncio Pilatos com os gentios e os povos de Israel; para fazerem tudo o que a tua mão e o teu conselho predeterminaram que se fizesse.”

Mt. 10:29-31: “Não se vendem dois passarinhos por um asse? e nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai. E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais, pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos.”

Ef. 2:10: “Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas.”

At. 2:23: “a este, que foi entregue pelo determinado conselho e presciência de Deus, vós matastes, crucificando-o pelas mãos de iníquos.”

Rm. 9:11-18: “(pois não tendo os gêmeos ainda nascido, nem tendo praticado bem ou mal, para que o propósito de Deus segundo a eleição permanecesse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama), foi-lhe dito: O maior servirá o menor. Como está escrito: Amei a Jacó, e aborreci a Esaú. Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum. Porque diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia, e terei compaixão de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus que usa de misericórdia. Pois diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei: para em ti mostrar o meu poder, e para que seja anunciado o meu nome em toda a terra. Portanto, tem misericórdia de quem quer, e a quem quer endurece.”

II Tm. 1:9: “que nos salvou, e chamou com uma santa vocação, não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e a graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos eternos.”

Ef. 1:4-5: “como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; e nos predestinou para sermos filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade.”

At. 13:48: “Os gentios, ouvindo isto, alegravam-se e glorificavam a palavra do Senhor; e creram todos quantos haviam sido destinados para a vida eterna.”

Jó 42:2: “Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.”

Jr. 10:10: “Mas o Senhor é o verdadeiro Deus; ele é o Deus vivo e o Rei eterno, ao seu furor estremece a terra, e as nações não podem suportar a sua indigna��ão.”

I Rs. 8:27: “Mas, na verdade, habitaria Deus na terra? Eis que o céu, e até o céu dos céus, não te podem conter; quanto menos esta casa que edifiquei!”

Jr. 23:23-24: “Sou eu apenas Deus de perto, diz o Senhor, e não também Deus de longe? Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? diz o Senhor. Porventura não encho eu o céu e a terra? diz o Senhor.”

Sl. 90:2: “Antes que nascessem os montes, ou que tivesses formado a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade tu és Deus.”

Sl. 139:1-4: “Senhor, tu me sondas, e me conheces. Tu conheces o meu sentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Esquadrinhas o meu andar, e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos. Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó Senhor, tudo conheces.”

Rm. 11:33: “Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos!”

Sl. 115:3: “Mas o nosso Deus está nos céus; ele faz tudo o que lhe apraz.”

At. 17:24-25: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; nem tampouco é servido por mãos humanas, como se necessitasse de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas.”

Is. 40:12-17: “Quem mediu com o seu punho as águas, e tomou a medida dos céus aos palmos, e recolheu numa medida o pó da terra e pesou os montes com pesos e os outeiros em balanças, Quem guiou o Espírito do Senhor, ou, como seu conselheiro o ensinou? Com quem tomou ele conselho, para que lhe desse entendimento, e quem lhe mostrou a vereda do juízo? quem lhe ensinou conhecimento, e lhe mostrou o caminho de entendimento? Eis que as nações são consideradas por ele como a gota dum balde, e como o pó miúdo das balanças; eis que ele levanta as ilhas como a uma coisa pequeníssima. Nem todo o Líbano basta para o fogo, nem os seus animais bastam para um holocausto. Todas as nações são como nada perante ele; são por ele reputadas menos do que nada, e como coisa vã.”

Pv. 15:3: “Os olhos do Senhor estão em todo lugar, vigiando os maus e os bons.”

Sl. 33:11: “O conselho do Senhor permanece para sempre, e os intentos do seu coração por todas as gerações.”

Ne. 9:6: “Tu, só tu, és Senhor; tu fizeste o céu e o céu dos céus, juntamente com todo o seu exército, a terra e tudo quanto nela existe, os mares e tudo quanto neles já, e tu os conservas a todos, e o exército do céu te adora.”

Hb. 1:3: “sendo ele o resplendor da sua glória e a expressa imagem do seu Ser, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo ele mesmo feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade nas alturas,”

Sl. 135:6: “Tudo o que o Senhor deseja ele o faz, no céu e na terra, nos mares e em todos os abismos.”

Mt. 6:26-30: “Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós muito mais do que elas? Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura? E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam; contudo vos digo que nem mesmo Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?”

Jr. 31:35: “Assim diz o Senhor, que dá o sol para luz do dia, e a ordem estabelecida da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, de modo que bramem as suas ondas; o Senhor dos exércitos é o seu nome.”

II Tm. 1:12: “Por esta razão sofro também estas coisas, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia.”

Rm. 5:2-5: “por quem obtivemos também nosso acesso pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e gloriemo-nos na esperança da glória de Deus. E não somente isso, mas também gloriemo-nos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a perseverança, e a perseverança a experiência, e a experiência a esperança; e a esperança não desaponta, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.”

II Pe. 1:4-5: “pelas quais ele nos tem dado as suas preciosas e grandíssimas promessas, para que por elas vos torneis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo. E por isso mesmo vós, empregando toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude a ciência.”

Ef. 1:13-14: “no qual também vós, tendo ouvido a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, e tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa, o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para o louvor da sua glória.”

Tt. 2:11-14: “Porque a graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos, para que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos no presente mundo sóbria, e justa, e piamente, aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus, que se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo todo seu, zeloso de boas obras.”

Lc. 22:32: “mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, fortalece teus irmãos.”

Jo. 3:16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

Mc. 16:15: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.”

Ef. 2:4-9: “Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com ele, e com ele nos fez sentar nas regiões celestes em Cristo Jesus, para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça, pela sua bondade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie.”

Fl. 1:6: “tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus.”

II Ts. 3:3: “Mas fiel é o Senhor, o qual vos confirmará e guardará do maligno.”

I Pe. 1:5, 9: “que pelo poder de Deus sois guardados, mediante a fé, para a salvação que está preparada para se revelar no último tempo … alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas.”

Jr. 32:40: “e farei com eles um pacto eterno de não me desviar de fazer-lhes o bem; e porei o meu temor no seu coração, para que nunca se apartem de mim.”

II Tm. 2:19: “Todavia o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os seus.”

Ef. 1:4-5: “como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; e nos predestinou para sermos filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade.”

Rm. 8:35-39: “quem nos separará do amor de Cristo? a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”

Jo. 10:27-29: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem; eu lhes dou a vida eterna, e jamais perecerão; e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.”

I Ts. 5:23-24: “E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é o que vos chama, e ele também o fará.”

Hb. 6:17-20: “assim que, querendo Deus mostrar mais abundantemente aos herdeiros da promessa a imutabilidade do seu conselho, se interpôs com juramento; para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos poderosa consolação, nós, os que nos refugiamos em lançar mão da esperança proposta; a qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até o interior do véu; aonde Jesus, como precursor, entrou por nós, feito sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.”

Ef. 1:11: “nele, digo, no qual também fomos feitos herança, havendo sido predestinados conforme o propósito daquele que faz todas as coisas segundo o conselho da sua vontade.”

Mt. 10:29-30: “Não se vendem dois passarinhos por um asse? e nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai. E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.”

Jo. 19:11: “Respondeu-lhe Jesus: Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fora dado; por isso aquele que me entregou a ti, maior pecado tem.”

At. 27:23-44: “dizendo: Não temas … Portanto, senhores, tende bom ânimo; pois creio em Deus que há de suceder assim como me foi dito … Assim chegaram todos à terra salvos.”

I Sm. 23:11-12: “Entregar-me-ão os cidadãos de Queila na mão dele? descerá Saul, como o teu servo tem ouvido? Ah, Senhor Deus de Israel! faze-o saber ao teu servo. Respondeu o Senhor: Descerá. Disse mais Davi: Entregar-me-ão os cidadãos de Queila, a mim e aos meus homens, nas mãos de Saul? E respondeu o Senhor: Entregarão.”

Rm 8:28: “E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”

At. 14:22: “confirmando as almas dos discípulos, exortando-os a perseverarem na fé, dizendo que por muitas tribulações nos é necessário entrar no reino de Deus.”

Rm. 5:3: “E não somente isso, mas também gloriemo-nos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a perseverança.”

I Ts. 3:3-4: “para que ninguém seja abalado por estas tribulações; porque vós mesmo sabeis que para isto fomos destinados; pois, quando estávamos ainda convosco, de antemão vos declarávamos que havíamos de padecer tribulações, como sucedeu, e vós o sabeis.”

I Pe. 1:11: “indagando qual o tempo ou qual a ocasião que o Espírito de Cristo que estava neles indicava, ao predizer os sofrimentos que a Cristo haviam de vir, e a glória que se lhes havia de seguir.”

Mt. 10:29-30: “Não se vendem dois passarinhos por um asse? e nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai. E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.”

Jo. 42:5: “Com os ouvidos eu ouvira falar de ti; mas agora te vêem os meus olhos.”

I Co. 10:13: “Não vos sobreveio nenhuma tentação, senão [humana]; mas fiel é Deus, o qual não deixará que sejais tentados acima do que podeis resistir, antes com a tentação dará também o meio de saída, para que a possais suportar.”

Para material Reformado adicional em Português, por favor, clique aqui.



Fonte: Covenant Protestant Reformed Church

Livros que você vai gostar

Você também vai gostar

Mais lidos

Conecte-se com o EvangelhoEterno.Org

COMPARTILHE!

Inscreva-se para novidades

O portal EvangelhoEterno.Org é um site cristão criado com o objetivo de contribuir para o avanço do Evangelho de Jesus Cristo em toda a face da terra.

Temos o desejo de que as pessoas estejam cheias da Palavra de Deus, que é a verdade absoluta, e do poder do Espírito Santo.

Saiba mais sobre nossa Política de Privacidade.

© 2022 EvangelhoEterno.Org | Todos os Direitos Reservados | Idealizado por Hudson Carvalho

Para melhorar sua experiência, este site usa cookies.