O Batismo do Etíope Eunuco e de Jesus – CPRC


Rev. Ronald Hanko

Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto1

Continuando nosso estudo do modo do batismo, desejamos olhar para o batismo do eunuco etíope (Atos 8) e de Jesus (Mt. 3; Marcos 1). Esses são geralmente tomados como sendo os exemplos mais claros na Escritura de batismo por imersão.

O batismo do eunuco. É geralmente assumido que as palavras “desceram ambos à água” e “saíram da água” em Atos 8:38, 39 descrevem o batismo do eunuco e o fato que ele deve ter sido imerso. Existem dois problemas com esta visão.

Um problema são as preposições usadas—”à” (eis, no grego) e “da” (ek) não implicam imersão de forma alguma. A palavra à no Novo Testamento é traduzida de muitas formas diferentes, incluindo:2 “at” [em, no, por] (20 vezes), “in” [dentro, em, no] (131), “into” [em, entre] (571), “to” [para] (282), “toward” [em direção a, para] (32), e “unto” [até, para] (208). Isso pode ser verificado com uma boa concordância. A palavra da é traduzida variadamente: “from” [de, por] (182 vezes), “up from” [de dentro de] (2), e “out of” [da, fora de] (131). Substituir essas traduções diferentes nos dois versículos mostrará imediatamente que diferença isso faz. O ponto é que essas duas palavras não estão descrevendo o batismo de forma alguma, mas o que aconteceu imediatamente antes e após o batismo.

As duas preposições usadas em Atos 8 obviamente não podem estar descrevendo o batismo, visto que são aplicadas tanto ao eunuco como a Filipe. Se elas estão descrevendo um batismo por imersão, então Filipe também batizou a si mesmo por imersão. Ele também “desceu” e “saiu” da água. Ou as palavras descrevem o batismo por imersão de ambos—Filipe batizando a si mesmo, bem como ao eunuco—ou não descrevem nenhum batismo de forma alguma.

Finalmente, e mais importante, o batismo de Jesus, quando observado à luz da Escritura, não pode ter sido por imersão. Olhemos para alguns fatos sobre o batismo de Jesus dados em Mateus 3 e Marcos 1.

Em Marcos 1 as mesmas palavras gregas de Atos 8 são usadas. Em Mateus 3:16 uma preposição diferente é usada, a palavra grega apo. Essa palavra é traduzida como “from” [de, por] 372 vezes e como “out of” [da, fora de] somente 27 vezes.

Há uma consideração adicional na história do batismo de Jesus. Não pode ser ignorado que ele foi batizado aos 30 anos de idade (Lucas 3:23), por um sacerdote (João o Batista era um sacerdote como seu pai Zacarias, Lucas 1:5, 13), e com água. No momento do seu batismo, Jesus disse de todas essas coisas: “Assim nos convém cumprir toda a justiça” (Mt. 3:15).

Que Jesus cumpriu “toda a justiça” com seu batismo pode se referir apenas ao fato que ele cumpriu as justas demandas da lei. Qual lei? A lei para a consagração de um sacerdote. Um sacerdote deveria ser consagrado por outro sacerdote (Ex. 29:9; Nm. 25:13),3 e consagrado por aspersão com água (Nm. 8:6-7).4

Ao cumprir a lei, portanto, Cristo não poderia ter sido batizado de outra forma senão por aspersão, ou estaria quebrando a lei, e não cumprindo a mesma. O batismo de Cristo não é prova, portanto, que a imersão é o modo apropriado de batismo, mas exatamente o oposto. Imploramos que aqueles que crêem de outra forma considerem isso cuidadosamente.

Fonte: Doctrine according to Godliness, Ronald Hanko, Reformed Free Publishing Association, pp. 263-265.

1E-mail para contato: [email protected]. Traduzido em novembro/2007. 2Coloquei o termo em inglês, pois muitas palavras diferentes no inglês são traduzidas pela mesma palavra em português, mas com significado diferente. Por exemplo, para pode significar “na direção de” (Foram para a água …) ou “a, em” (Para o lado do rio …). Vale lembrar também que o número de ocorrências é do termo em inglês na versão KJV (N. do T.) 3“E os cingirás com o cinto, a Arão e a seus filhos, e lhes atarás as tiaras, para que tenham o sacerdócio por estatuto perpétuo, e consagrarás a Arão e a seus filhos” e “E ele, e a sua descendência depois dele, terá a aliança do sacerdócio perpétuo, porquanto teve zelo pelo seu Deus, e fez expiação pelos filhos de Israel.” 4“Toma os levitas do meio dos filhos de Israel e purifica-os; E assim lhes farás, para os purificar: Esparge sobre eles a água da expiação; e sobre toda a sua carne farão passar a navalha, e lavarão as suas vestes, e se purificarão.”

Para material Reformado adicional em Português, por favor, clique aqui.



Fonte: Covenant Protestant Reformed Church

Livros que você vai gostar

Você também vai gostar

Mais lidos

Conecte-se com o EvangelhoEterno.Org

COMPARTILHE!

Inscreva-se para novidades

O portal EvangelhoEterno.Org é um site cristão criado com o objetivo de contribuir para o avanço do Evangelho de Jesus Cristo em toda a face da terra.

Temos o desejo de que as pessoas estejam cheias da Palavra de Deus, que é a verdade absoluta, e do poder do Espírito Santo.

Saiba mais sobre nossa Política de Privacidade.

© 2022 EvangelhoEterno.Org | Todos os Direitos Reservados | Idealizado por Hudson Carvalho

Para melhorar sua experiência, este site usa cookies.