Documentário “Nascer de Novo” – CPRC


Martyn McGeown

O documentário da BBC (Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2006) “Nascer de Novo,” de Glenn Patterson, foi interessante, mas lamentável, já que nenhuma das pessoas entrevistadas explicou o que significa nascer de novo. Os cristãos professos entrevistados por Patterson associaram nascer de novo com “aceitar a Jesus como seu salvador pessoal”, “entregar a vida a Jesus” ou “ser salvo.” Um pastor, inclusive, disse aos ouvintes: “você pode nascer de novo.” Patterson disse que quase nasceu de novo quando foi à frente em uma reunião para “pedir que Jesus entrasse em seu coração,” porque ele se compadeceu do pregador (e muitas pessoas o seguiram. Ele, corretamente, questionou a sinceridade daqueles corações).

Nenhuma das supracitadas afirmações explica o que é nascer de novo. A Bíblia afirma que o homem precisa nascer de novo por causa de suas necessidades espirituais. O homem está “morto em seus delitos e pecados” (Ef. 2:1, Cl. 2:13), e para que veja o reino de Deus ele precisa ser chamado à vida por Deus. O homem não pode produzir esse novo nascimento, porque “o que é nascido da carne é carne” (Jo. 3:6). Jesus não disse a Nicodemos o que fazer para nascer de novo; ele disse àquele homem religioso que Deus haveria de fazer alguma coisa por ele se ele quisesse ser salvo. Jesus o repreendeu (Jo. 3:10) por sua ignorância quanto ao Antigo Testamento, que também ensina a verdade da regeneração, novo nascimento ou nascer de novo (cf. Dt. 30:6; Ez. 16:6; 11:19; 36:26).

A vontade de Deus determina quem recebe novo nascimento, e não a vontade do homem: “Pois segundo o seu querer ele nos gerou pela palavra da verdade” (Tg. 1:18). O pecador espiritualmente morto não pode “convidar Jesus a entrar em seu coração” porque é Deus quem abra seu coração (At. 16:14). Nem todos os corações estão abertos. Por quê? O Espírito é como o vento. Ele sopra onde Ele – e não o homem – quer (Jo. 3:8). A “livre vontade” do homem não pode realizar, nem tampouco cooperar com o novo nascimento, porque aqueles que nasceram de novo, “não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus” (Jo. 1:13).

Traduzido por Daniel Leite Guanaes

Para material Reformado adicional em Português, por favor, clique aqui.



Fonte: Covenant Protestant Reformed Church

Livros que você vai gostar

Você também vai gostar

Mais lidos

Conecte-se com o EvangelhoEterno.Org

COMPARTILHE!

Inscreva-se para novidades

O portal EvangelhoEterno.Org é um site cristão criado com o objetivo de contribuir para o avanço do Evangelho de Jesus Cristo em toda a face da terra.

Temos o desejo de que as pessoas estejam cheias da Palavra de Deus, que é a verdade absoluta, e do poder do Espírito Santo.

Saiba mais sobre nossa Política de Privacidade.

© 2022 EvangelhoEterno.Org | Todos os Direitos Reservados | Idealizado por Hudson Carvalho

Para melhorar sua experiência, este site usa cookies.