Amizade da Aliança de Deus – CPRC


Rev. Angus Stewart

(Originalmente publicado no “Paper Pulpit”, do Ballymena Times)

A aliança que Deus fez com os crentes eleitos, em Jesus Cristo, é um relacionamento de amizade afetuosa, amorosa e de comunhão.

É este o ensinamento da “fórmula da aliança” frequentemente repetida de diversas maneiras nas Escrituras: “Deus é o nosso Deus, e nós somos o Seu povo”. Como “nosso Deus”, Ele é e será tudo o que Jeová é e pode ser para nós. Ele nos une a si mesmo através de Jesus Cristo e pelo Espírito Santo. Ele perdoa nossos pecados, nos abraça em Seus braços eternos e nos guia para a glória. Como “Seu povo”, nos apegamos a Ele, lançamos nossos fardos sobre Ele e confiamos em Sua misericórdia.

Na primeira promessa da vinda de Cristo para esmagar a cabeça de Satanás, nossa salvação é descrita como “inimizade” com o diabo, ou seja, a amizade com Deus (Gn 3:15; cf. Tg 4:4). No final da Bíblia, a consumação da aliança é apresentada com Deus habitando eternamente conosco, como amigos íntimos, tabernaculando no novo céu e nova terra – o reino sem tristeza, choro, lágrimas, dor ou morte (Ap 21:3-4).

Por toda a Palavra de Deus, Sua aliança é apresentada como uma ligação matrimonial entre Ele mesmo e Sua amada noiva, a igreja (por exemplo, Ezequiel 16). Na aliança, Jeová estabelece um relacionamento Pai-filho (Êxodo 4:22) conosco como Seus filhos e filhas, pois Ele nos gerou pelo Espírito e trouxe a nós (embora de maneira fraca e como criatura que somos) a imagem e semelhança do nosso pai.

A verdade bíblica da reconciliação através da cruz de Cristo é pactual porque a reconciliação é a restauração da comunhão. Como aqueles trazidos à comunhão de Deus, desfrutamos da vida eterna, que é compartilhar da vida do Deus Triúno, a eterna comunhão do Pai e do Filho no Espírito Santo.

O rei Davi afirmou: “A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais Ele dará a conhecer a sua aliança” (Sl. 25:14). O significado da raiz da palavra hebraica para “intimidade” é almofada ou cama. A ideia é a de dois amigos sentados juntos em conversas familiares, comunicando-se em comunhão confidencial. A palavra “intimidade”, portanto, fala da proximidade relacional da nossa aliança de amizade e comunhão com Deus.

As bênçãos da aliança que o Senhor revela e nos confere incluem a justiça em Cristo, uma herança eterna, proteção contra todos os nossos inimigos e provisão de todas as nossas necessidades. Nosso Pai nos mostra os segredos da aliança através da leitura e pregação das Escrituras; e pela operação interna do Espírito Santo, Ele aplica Sua Palavra a todo ouvinte temente a Deus, para que esteja certo de que essas bênçãos da aliança foram conferidas pessoalmente pelo Senhor. Deus, por assim dizer, senta-se com aqueles que O reverenciam e compartilha seus segredos com eles de uma maneira pessoal: “Em minha aliança, Eu Sou para você, estou em você e com você através de Jesus Cristo”.

Você conhece a intimidade do Senhor? Ele mostrou o seu pacto a você?

Para material Reformado adicional em Português, por favor, clique aqui.



Fonte: Covenant Protestant Reformed Church

Livros que você vai gostar

Você também vai gostar

Mais lidos

Conecte-se com o EvangelhoEterno.Org

COMPARTILHE!

Inscreva-se para novidades

O portal EvangelhoEterno.Org é um site cristão criado com o objetivo de contribuir para o avanço do Evangelho de Jesus Cristo em toda a face da terra.

Temos o desejo de que as pessoas estejam cheias da Palavra de Deus, que é a verdade absoluta, e do poder do Espírito Santo.

Saiba mais sobre nossa Política de Privacidade.

© 2022 EvangelhoEterno.Org | Todos os Direitos Reservados | Idealizado por Hudson Carvalho

Para melhorar sua experiência, este site usa cookies.