A Amigável Face de Roma? – CPRC


Martin McGeown

Diante da recente propaganda ecumênica acerca da “amigável face de Roma”, poderia alguém explicar o que o Vaticano II, reunido na década de sessenta, quis dizer, na “Constituição Apostólica na Revisão de Indulgências”, com a afirmação de que a Igreja de Roma “condena como anátema aqueles que dizem que as indulgências não têm valor, ou que a Igreja não tem o poder de utilizá-las” (Capítulo IV, parágrafo 8)? Anátema significa “maldito”. Será que este anátema tem a mesma conotação daquele que as Escrituras apresentam (1 Co. 16:22; Gl. 1:6-9)? Se a resposta for positiva, como Roma pode abraçar os protestantes (que negam as indulgências como necessárias) como “companheiros de crença” ou mesmo “irmãos separados” que, não obstante a isso, são “irmãos”?

O mesmo concílio determinou que eles “não poderão ser salvos, os quais, sabendo que a Igreja Católica foi fundada como necessária por Cristo, se recusam a entrar nela ou a permanecer nela” (Constituição Dogmática da Igreja, capítulo II, parágrafo 16). De quem eles estão falando? Católicos Romanos equivocados, Protestantes teimosos ou Ecumênicos inconsistentes?

Traduzido por Daniel Leite Guanaes de Miranda.

Para material Reformado adicional em Português, por favor, clique aqui



Fonte: Covenant Protestant Reformed Church

Livros que você vai gostar

Você também vai gostar

Mais lidos

Conecte-se com o EvangelhoEterno.Org

COMPARTILHE!

Inscreva-se para novidades

O portal EvangelhoEterno.Org é um site cristão criado com o objetivo de contribuir para o avanço do Evangelho de Jesus Cristo em toda a face da terra.

Temos o desejo de que as pessoas estejam cheias da Palavra de Deus, que é a verdade absoluta, e do poder do Espírito Santo.

Saiba mais sobre nossa Política de Privacidade.

© 2022 EvangelhoEterno.Org | Todos os Direitos Reservados | Idealizado por Hudson Carvalho

Para melhorar sua experiência, este site usa cookies.