Home » Posts » Sermões » Cristo, a base da Igreja Fiel

18 de novembro, 2020

Cristo, a base da Igreja Fiel

"Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela." (Mateus 16:18)

COMPARTILHE!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deus hoje quer que você tenha a certeza que Jesus Cristo é o fundador da Igreja Fiel. A Igreja de Deus só existe porque Cristo um dia a instituiu. O Senhor concedeu poder do seu Espírito Santo para a Igreja anunciar o grande amor de Deus, que salva o pecador da morte.

CONTEXTO DA PASSAGEM BÍBLICA

Esta passagem bíblica ocorreu em território gentio, na região da Cesaréia de Filipe (região norte da Palestina). Esta região estava encharcada com o paganismo. Muitos deuses haviam naquele local.

Assim, foi neste local que Simão Pedro faz uma das declarações mais extraordinárias até o momento do ministério de Jesus. Pedro disse: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo!“. Simão Pedro foi inspirado pelo Espírito Santo para confessar quem era Jesus. Muitos o tinham apenas como um dos profetas, o que era até um elogio. Contudo, as pessoas não tinham descoberto o mistério de Deus, que era a revelação do Messias, o filho de Deus, que veio a este mundo em carne, em cumprimento das profecias do Antigo Testamento.

UMA CONFISSÃO: A REVELAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

Simão Pedro faz essa confissão por meio de uma revelação concedida pelo Espírito Santo. Deus escondeu dos grandes o verdadeiro conhecimento para revelar aos pequeninos. O próprio Senhor Jesus deixou isso registrado:

Então, Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus. (Mateus 16:17 – ARA)

Não era meramente uma identificação da família do apóstolo Pedro, mas a identificação que Simão era “Filho da Pomba”. Barionas é palavra de origem aramaica. O prefixo “BAR” é utilizado para identificar FILHO. Jonas é “YONAH”, que traduzido é POMBA.

A pomba simboliza o Espírito Santo, tanto é que quando o Senhor Jesus fora batizado por João, o Espírito Santo desceu sobre Ele em forma corpórea de pomba. Assim, não se trata meramente de um meio de identificação da paternidade de Simão Pedro enquanto homem, mas que ele era “filho da pomba”, ou seja, a revelação que ele teve fora gerada pelo Espírito Santo de Deus.

Não é possível conhecer a Jesus meramente pela opinião pública. Há muita confusão nisso. Quem revela a Jesus Cristo, como sendo o filho de Deus, que é capaz de dar ao homem salvação de sua alma, é o Espírito Santo.

Jesus Cristo é muito mais do que uma história, Ele é real e habita, pelo seu Espírito, dentro de nossos corações.

A ONISCIÊNCIA DE DEUS E O FUNDAMENTO DA IGREJA FIEL

Sabemos que um dos atributos de Deus é a sua onisciência, ou seja, Deus sonda os corações e sabe de todas as coisas. Nada há oculto aos olhos do Senhor. É um atributo EXCLUSIVO de YHWH. Contudo, o Senhor Jesus fez questão de, no meio de tanto paganismo, perguntar quem as pessoas diziam quem Ele era. Na verdade, o Senhor Jesus já sabia, mas em tudo o nosso Senhor tem a nos ensinar.

É neste contexto que Pedro confessa que Jesus era o Cristo, o filho do Deus vivo! Evidentemente é preciso que as pessoas confessem o nome de Jesus:

Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. (Romanos 10:9 – ARA)

Com efeito, tudo isso abordamos para entrar efetivamente no assunto que é necessário: O FUNDAMENTO DA IGREJA.

A ROCHA INABALÁVEL: O FUNDAMENTO DA IGREJA É CRISTO, SOMENTE

“Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mateus 16:18)

Sabemos que o Novo Testamento foi escrito em grego koiné. Para entender esta passagem é necessário compreender o “jogo de palavras” usado neste texto para descrever o sentido real. A palavra “PEDRO“, no original, é PETROS, que significa fragmento de rocha. Já a palavra “PEDRA” usada no original é “PETRA“, ou seja, uma rocha projetada, uma grande pedra.

A palavra “PETROS” é substantivo masculino, já a palavra “PETRA” é substantivo feminino. A tradução consigna a expressão: “…e sobre esta pedra…”. O demonstrativo “ESTA“, para se referir à “PETRA“, é “TE TOUTE“, que se encontra no feminino, fazendo referência à ROCHA e não ao seu fragmento.

Assim, é sobre a PETRA, a grande Rocha, que o Senhor Jesus Cristo constituiria a sua Igreja. Jesus, o sumo pastor, afirmou que “nem as portas do inferno prevaleceriam contra sua Igreja”. CRISTO É O FUNDAMENTO DA IGREJA, não Pedro. Pedro é fragmento, faz parte do corpo de Cristo. Deus não dá sua glória a homens, pois só Ele é digno de receber toda a glória, honra e louvor, pelos séculos dos séculos.

Os membros da Igreja precisam estar firmados nesta Rocha, que é Jesus Cristo. Ele é SENHOR e INABALÁVEL. Os homens falham conosco, mas Cristo nunca faltou conosco. CRISTO É SUPREMO, É SENHOR DA IGREJA. Foi Ele quem te resgatou das trevas, foi Ele quem morreu na cruz para te salvar da morte eterna, foi Ele quem fundou a sua Igreja, elegeu seu povo. O derramamento do Espírito Santo, na festa de pentecostes, após a ressurreição do Senhor Jesus, marca o início de sua Igreja.

SECULARIZAÇÃO

Hoje em dia o termo “igreja” é atribuído naturalmente a instituições de cunho religioso. Trata-se de uma palavra secularizada. Mas a Igreja verdadeira do Senhor é invisível aos olhos humanos; só o Espírito Santo conhece os corações e sabe se as pessoas estão ou não vivendo uma vida de santidade diante de Deus.

A Igreja Católica Romana desvirtuou o texto que lemos ao entender que é Pedro quem é o fundamento da Igreja. Tanto é que os papas foram instituídos como forma de, mentirosamente, “continuar” o ministério de Pedro. Afirmam, inclusive, que Pedro teria sido o primeiro papa, o que não é verdade. Contudo, isso é assunto que abordaremos com maior profundidade em outra ocasião.

JESUS CRISTO É O SENHOR DA IGREJA

Assim, Pedro é servo de Jesus Cristo. Jesus Cristo é e sempre continuará sendo o fundamento da Igreja Fiel, aquele que nos sustenta no momento da aflição, que nos dá forças para prosseguir na jornada, que nos ergue do pó quando necessitado estamos.

Precisamos estar fundamentados em Cristo, somente ele. Tanto é que um dos princípios da Reforma Protestante consubstanciou na seguinte expressão latina: solus christus. Somente Cristo é o fundamento da nossa fé, somente Ele salva, somente Ele é Senhor da Igreja, ninguém mais.

NEM AS PORTAS DO INFERNO PREVALECEM CONTRA A IGREJA DE CRISTO

As portas representam autoridade e poder no mundo daquela época. Em Israel, a porta da cidade era onde se realizavam os negócios mais importantes (Dt 16:18, 17:8 e Rt 4:11 – citação de Wiersbe). Assim, a morte e o maligno não tem poder para vencer a Igreja de Cristo. O maligno pode até matar os crentes fieis, mas não vence-los, porquanto aqueles que morrem em Cristo vão para o gozo celeste. Ou seja, o servo de Deus, ainda morra, ele não perde, mas ganha uma vida eterna com Deus.

É Cristo quem dá vida à Igreja, por meio da operação do Espírito Santo. Ele é quem vivifica nossa vida. Somente Ele, somente CRISTO, nosso único e verdadeiro fundamento como Igreja do Senhor.

Devemos lembrar que o Cordeiro está VIVO! Ele é quem dirigi a Igreja Fiel. A Igreja é Dele!

Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. (Romanos 11:36 – ARA).

Livros que recomendamos

COMPARTILHE!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Você também vai gostar de ver

Sermões
Charles Spurgeon

Ressurreição!

Sermão No 306. Pregado na Manhã de Domingo, 1 de Abril, 1860, por C. H. Spurgeon, no Exeter Hall, Strand. Fonte: SpurgeonGems.org │ Título Original: “Resurgam”

VEJA MAIS »

Conecte-se com o EvangelhoEterno.Org

COMPARTILHE!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Inscreva-se para novidades

    O portal EvangelhoEterno.Org é um site cristão criado com o objetivo de contribuir para o avanço do Evangelho de Jesus Cristo em toda a face da terra.

    Temos o desejo de que as pessoas estejam cheias da Palavra de Deus, que é a verdade absoluta, e do poder do Espírito Santo.

    Saiba mais sobre nossa Política de Privacidade.

    © 2021 EvangelhoEterno.Org | Todos os Direitos Reservados | Idealizado por Hudson Carvalho

    Para melhorar sua experiência, este site usa cookies.